03/08/2022, 15h46, Foto: Divulgação

Um homem foi apontado pela Polícia Civil como suspeito de ter estuprado a enteada, uma menina de 11 anos, após a família descobrir que a criança está grávida, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.(leia mais abaixo)


A gestação foi identificada depois de a vítima fazer um tratamento contra a Covid-19. Mesmo após ser curada da doença, ela continuava sentindo dores abdominais, e, ao ser levada a um médico pela mãe, foi constatada a gravidez. (leia mais abaixo)


A mãe afirmou que não tinha conhecimento dos abusos que a filha sofria do marido, com quem convivia havia cerca de dez anos. (leia mais abaixo)


O bebê, que deve nascer no mês que vem, será entregue à adoção. (leia mais abaixo)


"Eu sei que a criança não tem culpa, mas eu também quero que a minha filha tenha a vida dela. Se ela for ter convivência com essa criança, toda vez que ela for olhar, ela vai lembrar", disse a mãe da vítima. (leia mais abaixo)


A Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) abriu, na última quarta-feira (27), um inquérito para investigar os possíveis abusos. A polícia pediu uma medida protetiva para que o homem não possa se aproximar da vítima.

Entre para nosso
Grupo WhatsApp

Fique sempre bem informado sobre as últimas notícias!